Artes Visuais

  • Segunda-feira, 25 de Setembro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!
Artes Visuais

Matéria

Quarta-feira, 13.09.17 às 00:00 / Atualizado em 12.09.17 às 18:39

Artista mineira expõe suas obras na Casa de Criar

Beto Carlomagno
Divulgação Obra de Alessandra Cunha - 13092017
Telas foram feitas usando uma mistura de técnicas, mas o ponto de partida foi o trabalho com manchas, afirma a artista Alessandra Cunha

“Avulsas Inoportunas são páginas de meu diário que se soltaram e flutuam agora entre paredes. Onde me apresento de frente, mas o observador precisa mudar sua forma de olhar, pois, nestas páginas escrevo textos invertidos (espelhados) como em matrizes de gravuras”. É assim que a artista plástica mineira Alessandra Cunha, conhecida no meio como Ropre, define a exposição Avulsas Inoportunas, com curadoria de juny kp!, que a Casa de Criar apresenta a partir de quinta-feira, 14.

Para ler as obras de Alessandra, o visitante deverá ficar de costas para elas e, com o uso de um espelho, desvendar os segredos da artista mineira em treze pinturas que compilam momentos, pensamentos e análises. “Foi como se eu arrancasse um pedacinho da minha alma e colocasse na tela. É bem pessoal, mas com pinceladas sociais, análises sobre a vida de artista e questionamentos que não são só meus, mas que na época eram”, conta.

Cada uma das revelações vem do ato da criação. O que surgia na cabeça de Alessandra se tornava texto do diário e desenhos. “Na época, estava em crise sobre a produção artística. Estava ficando sem dinheiro, pensando que teria que começar a trabalhar em outra área para ter um salário fixo e não teria mais tempo para criar. Tem muita coisa de relacionamento amoroso também.”

Tudo isso veio de um momento de ansiedade pelo qual Alessandra passava em 2015. “Eu estava há muito tempo sem pintar e, de repente, eu tinha muita coisa para falar. Então, aproveitei que escrevia bastante naquela época, tinha muitos diários, e usei esse link. Tirei os textos do papel e os coloquei na parede.”

Já a inspiração para textos invertidos veio do trabalho da artista com gravuras, que exige que tudo que for escrito seja ao contrário. Com isso, ela desenvolveu prática no processo. “Depois fiquei pensando em como que o público poderia fazer a leitura. Daí veio a ideia do espelho ou do celular, que permite que tirem uma foto e façam a inversão com um editor de imagem. Mas o legal do espelho é que a pessoa, além de ler o texto da obra, ainda se vê nela.”

Criação

As telas ganharam vida a partir do figurativo, do aleatório, com símbolos, linhas e rabiscos inspirados pelo trabalho de Alessandra com tatuagem, mas guiados pelas manchas que davam início ao processo. “Pegava o tecido todo, colocava em um saco de lixo grande, jogava tinta preta e misturava. O produto final era sempre uma surpresa e ia muito além das expectativas. A partir disso, as manchas serviam como base para os desenhos”, revela.

O uso das cores também refletia o estado reflexivo da artista no momento. As telas têm a predominância de preto, azul e branco. Depois, ela encerrava com uma pitada de cor quente diferente em cada trabalho, meio que delimitando o que gostaria de passar com a mensagem escrita.

Acaso

A exposição Avulsas Inoportunas já passou por cidades como Maceió, Brasília, Bauru e Campina Grande, mas sua vinda para Rio Preto não estava prevista. É que o trabalho de Alessandra que seria exposto por aqui seria outro. “O pacote ficou preso no correio. Então, pedi para que ela escolhesse outra opção, aquela que a pegasse mais pelo afeto. Quando ela me mostrou a Avulsas Inoportunas, vimos que não tinha como ser diferente. O acaso nos mostrou o caminho”, conta juny kp!.

Serviço

  • Exposição Avulsas Inoportunas, na Casa de Criar. Abertura nesta quinta-feira, 14, às 20h. Visitação agendada até o dia 13 de outubro. Agendamento pelo (17) 99131-8500

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.