Eu com Estilo

  • Quarta-feira, 24 de Maio
  • A tarefa de viver é dura, mas fascinante

Danilo Ferraz

Danilo Ferraz é empresário, palestrante e escritor. Apresenta em seu blog tudo sobre moda masculina, além de dicas práticas para inspirar e aprimorar o seu estilo. Site oficial: www.daniloferraz.com.br

Sexta-feira, 19.05.17 às 18:13

Precisamos falar sobre a camisa Polo

Danilo Ferraz

Vamos admitir: a camisa Polo não vive o seu auge no mundo da moda masculina, é verdade. Mas a culpa não é dela, e sim da forma como “desvirtuamos” algo que era, relativamente, simples. Basta dar uma olhada nas vitrines de qualquer shopping para entender o que estou falando: listras horizontais disputando cada centímetro de tecido, brasões chamativos, números na manga, nas costas, detalhes para todos os lados... ufa! Um verdadeiro show de horrores. O fato é que, se você conseguir atravessar essa seara de mau-gosto, poderá descobrir que a camisa Polo, além de versátil, é obrigatória no armário de qualquer homem. Ícones do estilo, como o jogador David Beckham e o cantor Justin Timberlake, são adeptos desse verdadeiro “curinga” da moda. Não é difícil entender por quê: onde a T-Shirt falha pela falta de etiqueta e a camisa peca pelo excesso de formalidade, a Polo surge como um meio-termo certeiro, conferindo um aspecto mais elegante e valorizando o corpo do homem. Veja como você também pode adotar a camisa Polo sem medo.

O uso da Polo não é dos mais complicados, até porque ela é um grande ''curinga'' no visual masculino. Mas é bom se atentar a esses pontos para garantir o "look" certo. (Foto: Dai Lourenço)

1. Minimize os acessórios. A palavra de ordem quando tratamos da camisa Polo é “clássico”. Opte por peças com menos estampas e siga esse conceito na hora de escolher os acessórios. Colares, pulseiras e anéis não combinam muito com a Polo. O relógio surge como uma boa alternativa, de preferência se for de um design tradicional e de cor similar à camisa.

2. Por cima, sim. Por baixo, não. Com grande freqüência vejo homens usando camiseta por baixo da Polo. Não faça isso. Nunca! A sobreposição de peças deve acontecer com a Polo por baixo – de um suéter, cardigan ou até um casaco esportivo.

3. De olho nos pés. A camisa Polo é bem democrática quanto à variedade de calçados com os quais pode ser associada – Sapatênis sendo a melhor opção dentre eles. Até chinelos, em um visual com shorts de verão, podem funcionar. Apenas evite tênis esportivos (daqueles de academia) e sapato social. Lembre-se que a camisa Polo pede essa descontração para que a mensagem do estilo não fique mista e confusa.

4. Caimento. Nem muito grande, nem muito justo. Você não quer passar a impressão de que herdou a camisa do seu irmão mais velho, nem transparecer a imagem de quem está ansioso em mostrar os centímetros extras que ganhou na academia com uma peça muito justa (que, aliás, também denuncia os quilinhos a mais na região abdominal). A Polo, aliás, já valoriza o seu corpo, principalmente nos braços, com a manga mais estruturada.

E aí? Ficou inspirado para “investir” no look Polo? Então me siga no Instagram e confira as fotos que preparamos para você!

Comentários

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.