Elevador em imóvel de alto padrão promove conforto e acessibilidade Diário da Região - Imóveis

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 33 min 21
15/03/2020 - 17h49min

IMÓVEIS

Elevador em imóvel de alto padrão promove conforto e acessibilidade

Elevadores ganham espaço nos imóveis residenciais de Rio Preto e conferem luxo, sofisticação e acessibilidade ao ambiente

Guilherme Baffi 13/3/2020 Guilherme contribui para a valorização do imóvel
Guilherme contribui para a valorização do imóvel

Embora sejam mais utilizados em prédios residenciais ou comerciais, os elevadores não estão restritos às construções com muitos andares. Eles também estão presentes em casas e sobrados residenciais, principalmente no mercado de alto padrão nos condomínios de Rio Preto. Além do luxo que esse equipamento pode proporcionar ao imóvel, ele também garante acessibilidade, comodidade e qualidade de vida para os moradores, especialmente para pessoas com mobilidade reduzida.

Empresário do setor imobiliário há 15 anos, Florisvaldo Salvione afirma que hoje os elevadores estão mais comuns do que nunca nos imóveis residenciais. "Possuir um elevador dentro da residência é quase uma regra hoje em dia, principalmente em casas de condomínios fechados de alto padrão, que possuem dois ou mais andares. O elevador é uma peça que remete a elegância", diz.

Também especialista no mercado imobiliário de médio e alto padrão, Adriana Godoy avalia que possuir um elevador dentro da residência é um importante diferencial. "É uma tendência que vem ganhando espaço nos últimos anos. O fato de um imóvel residencial ter elevador traz status e uma valorização no concorrido mercado imobiliário", explica.

O empresário e corretor Fábio Brussi observa que a procura por esse tipo de residência é maior na faixa etária da terceira idade. "Existem certos tipo de limitações para esse público. Outros públicos também procuram, como aquelas pessoas que não têm intenção de se mudar durante a vida e sabem que as escadas, no futuro, trarão certas limitações. Por isso já buscam casas com mais mobilidade", conta.

O corretor de imóveis de alto padrão Guilherme Neilly complementa que, além da terceira idade, existem mais públicos que procuram residências com elevador, buscando mais classe para o ambiente. "Existe uma grande procura também por parte dos clientes que priorizam uma área gourmet dentro da residência ou até uma área de lazer. A aquisição do elevador traz classe ao ambiente e a valorização do imóvel", diz.

Para todos os gostos

A empresária Maíra Alvarenga, diretora da RBA Elevadores, explica que é possível personalizar o equipamento de acordo com o gosto de cliente. "Nós trabalhamos com elevadores sob medida, então é possível transformar aquilo que antes parecia pesado e bruto em leve e fino para que ele componha a arquitetura da casa", afirma.

Maíra acrescenta que os terrenos residenciais estão cada vez menores e, para aproveitar melhor o espaço, as casas começaram a crescer verticalmente. Assim, colocar um elevador ou uma plataforma, além de agregar valor ao imóvel, proporciona um conforto maior do que uma escada. "Por exemplo, se alguém que passou por uma cirurgia, torceu alguma parte do corpo ou precisa carregar o filho no colo até o quarto, de elevador é realmente mais confortável do que de escada", conclui.

Gerente comercial da Up Line Elevadores, Marcus Vinicius Caetano Pontes acrescenta que existem diferentes modelos que podem ser implantados dentro das residências, por isso pode haver bastante variação de preço. "O custo varia de R$ 30 mil a 60 mil, já que existem diversos tipos de acabamentos, por exemplo, em aço inox, pintados, panorâmicos, entre outros", diz.

Segundo ele, se o elevador for adquirido antes da construção, o ideal é que seja reservado um espaço adequado, com as medidas certas para a instalação do equipamento. Porém, em residências já prontas também é possível fazer a instalação. "Apesar de dar mais trabalho, não é nada impossível. É necessário realizar um estudo para descobrir qual a melhor forma de incluir o elevador no local. Contudo, a melhor opção é colocar o equipamento já no planejamento da construção da obra", finaliza.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.