IMG-LOGO
Home Tecnologia
TECNOLOGIA

Assistentes de voz popularizam o conceito de casa conectada

Saiba mais sobre os equipamentos que executam uma infinidade de ações a partir de um comando de voz

Gabriel Vital - 04/01/2020 00:00

Você certamente se lembra de quando os filmes de ficção científica mostravam pessoas conversando com máquinas. Há alguns anos, isso poderia ser apenas fruto da imaginação dos roteiristas, mas agora é uma realidade que não está tão distante assim dos lares brasileiros. Os assistentes de voz são a grande aposta do mercado tecnológico para 2020, talvez até para a década que se inicia.

Gigantes da tecnologia, como Amazon, Apple e Google, já contam com suas próprias assistentes: a Alexa, a Siri e a Assistant, respectivamente. Essas vozes inteligentes, que já estavam nos smartphones, ganharam corpo no último ano e agora estão nos smart speakers, caixas de som que se conectam à internet e a outros objetos dentro de casa. Esses speakers são capazes de ouvir o usuário, mesmo que a uma certa distância, e executar tarefas de acordo com os comandos que recebem. Eles podem, por exemplo, tocar sua playlist favorita, informar a previsão do tempo, ler as notícias do dia, anotar compromissos na sua agenda e montar uma lista de compras.

Só que mais do que realizar tarefas de secretariado, esses dispositivos impulsionaram o lançamento de outros produtos, como tomadas, lâmpadas e câmeras inteligentes, que tornam o conceito de casa conectada muito mais próximo da realidade e do bolso dos brasileiros, já que muitos desses itens chegaram ao mercado a preços acessíveis. Assim, é possível pedir a sua assistente para acender e apagar as luzes, ligar e desligar equipamentos, regular a temperatura do ar-condicionado e até trancar a porta da frente, se sua fechadura também for inteligente.

Para George Wooton, diretor técnico da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside), as assistentes de voz têm ajudado a popularizar o conceito de casa conectada, especialmente devido à integração entre diferentes dispositivos. "Um dos papéis importantes dos assistentes virtuais é que eles são integradores entre marcas compatíveis, ou seja, eu posso dar um comando só e ele fazer todo o controle de uma área que tem um sistema de automação residencial mais tradicional e também de duas ou três lâmpadas e uma fechadura eletrônica que estão fora do sistema", explica.

No entanto, Wooton avalia que ainda é preciso que o usuário tenha um certo nível de conhecimento para tirar o melhor proveito desses equipamentos. "Essa falta de conhecimento genérico tecnológico é o que tem prejudicado bastante", afirma. Ele acompanha as críticas de produtos inteligentes na internet e estima que, pelo menos, metade das reclamações vêm de usuários que não possuem o conhecimento mínimo para utilizar os dispositivos. "Já vi casos em que o usuário instala uma lâmpada inteligente, mas se ele desligar no interruptor a lâmpada está morta. O correto é comandá-la apenas pela assistente de voz", exemplifica.

Facilitar a instalação e a operação desses dispositivos é, portanto, o desafio das empresas de tecnologia, que têm apostado em aplicativos simples e intuitivos para ajudar o usuário nesse primeiro contato com essas ferramentas. "Pelo aplicativo, [os usuários] podem ajustar a iluminação, ligar a televisão, desligar o ar-condicionado e acompanhar o consumo de energia de qualquer eletrodoméstico conectado", explica o head da Positivo Casa Inteligente, José Ricardo Tobias.

Privacidade

Outro desafio da indústria é convencer os usuários que sua privacidade está garantida, afinal, a partir do momento em que um smart speaker é instalado, o usuário terá, dentro de sua casa, um microfone de alta qualidade, que ficará ligado o tempo todo. A dúvida comum é: será que o aparelho está me ouvindo e gravando tudo que falo?

As empresas garantem que não. Amazon, Apple e Google explicam que suas assistentes só começam a gravar e enviar os áudios para a nuvem quando escutam a palavra de ativação, como "Alexa", "E aí, Siri" ou "Ok, Google".

"Você sempre saberá quando a Alexa está gravando e enviando seu pedido para a nuvem segura da Amazon, porque uma luz azul indicadora aparecerá ou uma notificação de som será tocada no seu dispositivo Echo", afirma a Amazon. "Quando seu microfone estiver ligado e enviando áudio para o Google, haverá um indicador visual claro, como pontos piscando na parte superior do dispositivo ou um indicador na tela", acrescenta o Google, que também explica que é possível desligar o microfone a qualquer momento.

A Apple diz ainda que a Siri é desenvolvida para proteger os dados pessoais dos usuários e que a empresa trabalha para fortalecer essas proteções. "Os dados da Siri que armazenamos em nossos servidores não são usados para criar um perfil de marketing e nunca são vendidos para terceiros", diz a empresa.

 

Linha Echo

A Amazon conta com uma linha de speakers com a assistente virtual Alexa, que possui uma série de "skills" (habilidades) para realizar tarefas do cotidiano. além de ser integrada a aplicativos de streaming de música, portais de notícias, serviços de delivery e até de transporte. Com ela, é possível até mesmo pedir um carro por aplicativo, apenas com comandos de voz

Preços

Echo (3ª geração) - R$ 699

Echo Dot (3ª geração) - R$ 349

Echo Show - R$ 599

Nest Mini

Equipado com a Google Assistente, o Nest Mini tem reconhecimento aprimorado de voz e é integrado aos principais serviços e produtos da Google, incluindo o Chromecast. Basta dizer "Ok, Google" e dar um comando para ouvir música, podcasts, notícias e ter informações sobre o clima e o trânsito

Preço

Google Nest Mini - a partir de R$ 314

HomePod

Ainda não disponível no Brasil, o HomePod é o smart speaker da Apple, equipado com a assistente de voz Siri. Integrado com a Apple Music, o dispositivo é capaz de encontrar e tocar milhões de músicas. Além disso, pode se conectar a uma série de equipamentos inteligentes para facilitar as tarefas do usuário em casa

Preço

Apple HomePod - US$ 299

Casa inteligente

Surfando na onda das assistentes virtuais, a empresa brasileira Positivo lançou uma série de dispositivos como lâmpadas e tomadas inteligentes, capazes de receber os comandos a partir dos smart speakers. Os kits incluem também câmeras e controles universais

Preços

Kit Casa Segura - R$ 499

Kit Casa Segura Smart Câmera Wi-Fi - R$ 768

Kit Casa Segura Smart Câmera 360º Wi-Fi - R$ 898

Ecossistema

A Philips apostou em um sistema de iluminação com lâmpadas que se integram às assistentes e podem ser comandados por voz. Uma dos produtos é uma fita de led, que pode ser colocada atrás da televisão e mudar de cor de acordo com a imagem na tela, criando uma experiência diferente para os usuários

Preços

Philips Hue Starter Kit, com quatro lâmpadas coloridas - R$ 1.490,92 

Philips Hue branco e colorido, com três
lâmpadas e um hub - R$ 934

Luminária de mesa inteligente - R$ 649

Editorias:
Tecnologia
Compartilhe: