Diário da Região

14/05/2019 - 11h51min

CASTELA E LEON

Conheça Leon, famosa na Espanha

Leon é conhecida por suas fiestas, como as realizadas durante a Páscoa e suas procissões foram declaradas de Interesse Internacional

Divulgação / Arquivo pessoal Leon é famosa por sua catedral gótica e por diversos outros monumentos e edifícios, como a Basílica de San Izidoro, onde está o Panteão Real
Leon é famosa por sua catedral gótica e por diversos outros monumentos e edifícios, como a Basílica de San Izidoro, onde está o Panteão Real

Da cidade de Salamanca, na Espanha, fomos para Leon, que fica na comunidade autônoma de Castela e Leon, que faz parte do Caminho de Santiago de Compostela.

Leon é famosa por sua catedral gótica e por diversos outros monumentos e edifícios, como a Basílica de San Izidoro, onde está o Panteão Real.

O mausoléu é ricamente decorado e lá foi enterrada a família real do reino medieval de Leon. Eles também possuem uma das melhores coleções do mundo de pinturas românticas.

Outro ponto de interesse de Leon é a Casa Botines, que é uma das primeiras obras do arquiteto catalão Antonio Gaudi, ocupada atualmente por um banco.

Vale visitar o Mosteiro de São Marco que foi construído no século XVI.

Leon é conhecida por suas fiestas, como as realizadas durante a Páscoa e suas procissões foram declaradas de Interesse Internacional. Nestas datas, visitantes de diversas partes do mundo vêm a cidade e participam de suas tradições.

Como na maioria das cidades da Espanha, Leon não foge à regra, ela é muito animada e agitada, com muitos jovens, turistas e peregrinos passando por lá.

Ficamos hospedados no Alfonso V Hotel (https://www.hotelalfonsov.com/), apartamento duplo, com taxas e café que ficaram em R$ 910,23 por duas noites. É um hotel antigo, mas muito bem localizado.

Como eu aprecio mais os aperitivos espanhóis do que os pratos, em geral pesados, frequentei alguns restaurantes / bares com este intuito.

Um deles foi o Camarote Madri, onde se pega e paga no balcão, muito gostoso e sempre lotado!

Outro restaurante que fui e que fica no passeio principal é o Ezequiel, onde comemos o Pulpo a la Galega, que é um polvo com páprica e batatas, típico da região.

Pedimos também aspargos brancos com maionese (espárragos extra de navarra, Juanchu) e boletos com foie gras ralado (cogumelos).

O vinho K-Naia, da cepa Verdejo acompanhou bem esta refeição.

Outro vinho que provamos em Leon, foi o Ramon Bilbao da Rioja

Visitamos o novo Musac Museu de Arte Contemporânea de Castela e Leon, um prédio espetacular, todo envidraçado, parecendo uma caixa de lápis de cor. O acervo não é tão interessante, mas visitar o prédio vale muito a pena!

A cidade tem várias esculturas de bronze, mas a que chama mais a atenção é a escultura do gigante, que tem uma história interessante.

Esta Escultura La Vieja Negrilla é de autoria de Amâncio Gonzalez. Forte e expressiva ela representa um olmo, uma árvore imensa que existia em Villahibiera de Rueda- o pueblo onde nasceu e passou a infância, o escultor. Um olmo pode viver 500 anos. Este olmo, no entanto, acabou por morrer muito antes, lentamente, atingido por uma enfermidade. Esta árvore era tão grande que precisava de quatro pessoas adultas para abraçá-la. Seu interior era oco e permitia que as crianças do pueblo brincassem ali. Assim fez Amancio em sua infância. Um misto de árvore e gigante que o acolheu quando criança e que foi motivo de muitas fantasias e alegrias. Hoje o olmo não existe mais. Mas o artista transformou a árvore perdida nesta escultura!

O autor fez o braço do gigante no chão com os dedos para o sol para simbolizar os últimos brotos, o último alento daquele gigante que se agarra à vida. O outro braço fez voltado para terra e expressa as raízes da árvore, raízes de um povo. Muitas crianças passam por ele, em León e são convidadas a brincar. Parece que este gigante está triste, mas não é verdade, quando as crianças sobem em seu corpo negro, o gigante se alegra. E assim, este lindo gigante-olmo segue interagindo, não com os meninos de Villahibiera, mas com as crianças do mundo todo, que passam por ali!

Por estas e outras é que Leon é uma bela cidade que merece ser visitada.

Depois de Leon, fomos para a cidade de Santiago de Compostela.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso