Diário da Região

28/04/2019 - 12h58min

COPA DA FRANÇA

Paris Saint-Germain perde para o Rennes nos pênaltis

O clube investiu pesado em contratações como Neymar e Mbappé ainda em 2017 com o objetivo de conquistar a Liga dos Campeões

Após empates por 2 a 2 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação, o Rennes bateu o Paris Saint-Germain nos pênaltis por 6 a 5 e conquistou neste sábado o seu terceiro título da Copa da França. Com a derrota, o time da capital termina a temporada 2018/2019 com apenas um título, do Campeonato Francês, o que não acontecia desde 2013.

O clube investiu pesado em contratações como Neymar e Mbappé ainda em 2017 com o objetivo de conquistar a Liga dos Campeões. Entretanto, a equipe foi eliminada pelo Manchester United nas oitavas de final da competição europeia e ainda deixou de vencer as duas copas do futebol francês. Na Copa da Liga Francesa, os comandados de Thomas Tuchel caíram para o Guingamp, também nas quartas. Com a decepção deste sábado, o técnico alemão fica ainda mais pressionado.

O meia Christopher Nkunku, que entrou no último minuto do tempo extra, foi o único a errar nas penalidades máximas, isolando a primeira batida do PSG nas cobranças alternadas. Os brasileiros Daniel Alves e Neymar fizeram os gols da equipe de Paris no tempo regulamentar. Kimpembe, contra, e Mexer empataram para os campeões.

No primeiro tempo, o Paris Saint-Germain começou melhor. A equipe parisiense dominava a partida e abriu o placar aos 13 minutos, em grande jogada ensaiada com protagonismo brasileiro. Neymar bateu escanteio rasante pela esquerda e achou Daniel Alves à direita da meia-lua da grande área. O ala direito pegou na veia e não deu chances para o goleiro checo Tomas Koubek.

Após o golaço, o PSG manteve o controle da partida e continuou levando perigo, até que, aos 22 minutos, ampliou o marcador. Depois de receber de Daniel Alves pela intermediária direita, Kylian Mbappé escorou para Ángel Di María, que lançou Neymar em profundidade. O brasileiro protegeu a bola e, com categoria, bateu por cobertura para fazer 2 a 0. Foi o primeiro gol do atacante em seu segundo jogo após retornar de lesão no metatarso do pé direito.

A equipe de Paris parecia encaminhar a vitória com tranquilidade na metade inicial, mas o Rennes começou a assustar. Aos 37, M'Baye Niang chutou da direita e mandou na trave. Dois minutos depois, Kimpembe resolveu colocar emoção no jogo. Após cruzamento da direita, o zagueiro do PSG mandou contra o próprio patrimônio, descontando para o 11.º colocado do campeonato nacional. Antes do intervalo, o time de Neymar ainda teve duas chances, mas Koubek evitou o terceiro gol.

Na etapa complementar, o jogo ficou mais equilibrado. E o Rennes começou a mostrar mais repertório ofensivo. Aos 12 minutos, o goleiro Alphonse Aréola salvou o PSG defendendo chute de Benjamin Bourigeaud. O meia voltaria a ameaçar aos 19: Niang desviou cruzamento de cabeça, Bourigeaud chutou na sobra e o zagueiro Colin Dagba salvou os parisienses. No minuto seguinte, porém, o zagueiro Mexer subiu sozinho na primeira trave para testar para o fundo da rede.

No restante do segundo tempo, o PSG foi para cima para garantir o título no tempo regulamentar. Neymar foi o primeiro a ameaçar a meta de Koubek, cobrando falta na trave do goleiro checo, aos 24. Dois minutos depois, Mbappé teve chute desviado pela zaga do Rennes. Aos 39, Neymar quase completou bom cruzamento rasteiro do atacante francês, mas não alcançou a bola. Os comandados de Tuchel mantiveram a pressão até os acréscimos, mas não evitaram a prorrogação.

Com o empate, o Rennes, bicampeão francês e vencedor de duas Copas da Liga, encerrou sequência arrasadora do PSG no torneio de mata-mata. O time da capital não deixava de vencer pela competição desde janeiro de 2014, quando perdeu para o Montpellier por 2 a 1. Desde então, eram 29 vitórias e quatro títulos consecutivos.

No primeiro tempo da prorrogação, o PSG foi dominante. E quase marcou aos sete minutos: Neymar carregou pelo meio e lançou Mbappé, que bateu de chapa no pé da trave esquerda de Koubek. Aos 13, o goleiro checo voltou a aparecer bem, abafando tentativa de Edinson Cavani, que entrou após os 90 minutos, no lado esquerda da pequena área.

Na etapa complementar, o Rennes processou a sua primeira alteração no jogo, enquanto que o PSG fez a sua quarta substituição, que agora é permitida quando há tempo extra. E o time do noroeste da França voltou a levar perigo. Aos 4 minutos, o meia-atacante Hatem Ben Arfa, dispensado do PSG no ano passado, chutou forte de esquerda, à direita do gol de Aréola. Aos 12, Mbappé fez feio e tomou cartão vermelho direto por solada no joelho do capitão Benjamin Andre. Desfalque para as penalidades máximas, que o clube de Paris não foi capaz de evitar.

Niang foi o primeiro a cobrar, deslocando Aréola para converter. Cavani também foi bem, mandando a bola para o lado contrário do goleiro. Ben Arfa, Daniel Alves e Grenier fizeram o mesmo, não dando chance para os goleiros. Paredes foi o próximo a cobrar e Koubek quase defendeu o chute à direita da meta do Stade de France.

Os canhotos Siliki e Bernat também deslocaram os goleiros, chutando forte na esquerda. Na cobrança seguinte, Aréola acertou o canto e quase defendeu chute de Bensebain no canto esquerdo. Neymar foi para o pênalti seguinte e deslocou Koubek, batendo rasteiro à direita.

Nas cobranças alternadas, Sarr também deslocou o goleiro e mandou à esquerda para converter. O cobrador seguinte foi Nkunku, que substituiu, no último minuto da prorrogação, Moussa Diaby, que entrara entre as duas etapas do tempo extra. O meia francês de 21 anos, porém, isolou por cima do travessão, dando ao Rennes seu terceiro título da Copa da França.

 

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso