Diário da Região

23/03/2019 - 00h30min

AMISTOSO

Brasil pega o Panamá em Portugal

Na terça-feira, 26, jogo amistoso será contra a República Tcheca, em Praga

Lucas Figueiredo/CBF Casemiro assume braçadeira de capitão do Brasil neste sábado
Casemiro assume braçadeira de capitão do Brasil neste sábado

Com o volante do Real Madrid Casemiro com a braçadeira de capitão, a Seleção Brasileira encara o Panamá em amistoso na tarde deste sábado, no estádio do Dragão, na cidade do Porto, em Portugal. Depois da Copa do Mundo, Tite efetivou Neymar com a faixa. Desde então, essa será a primeira partida sem o atacante, que se recupera de uma lesão no pé direito e não foi convocado.

A partida é mais um teste preparatório com vistas à Copa América, que será disputada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho.

Em entrevista coletiva na véspera do jogo com o Panamá, Tite revelou que retomar um processo de criação com qualidade é sua principal preocupação neste momento da seleção brasileira. Seu grande trunfo depois de um desempenho fraco nas vitórias por 1 a 0 sobre Uruguai e Camarões, em novembro do ano passado, é a estreia do trio de meio-campo formado por Casemiro, Arthur e Paquetá. Eles serão titulares juntos pela primeira vez.

"Minha maior tensão é a formatação criativa do meio-campo. Não tivemos Coutinho nessa última (convocação) e o processo criativo caiu. Não foi a mesma equipe, e sempre foi uma marca nossa", admitiu o treinador.

Tite também afirmou que utilizar muitos jogadores jovens na Copa América é uma "possibilidade real". Isso o levou a manter o leque de opções aberto para essa última convocação antes da lista de jogadores para o torneio ser divulgada, muito provavelmente no início da segunda quinzena de maio.

"O presente são esses jovens. Prolongamos até essa convocação para dar oportunidade e na hora de bater a convocação final haver essa mescla. Vai depender fundamentalmente de desempenho e a naturalidade, o aspecto emocional de vestir essa camisa. Que eles tenham agora confiança para errar, inclusive."

Casemiro, por sua vez, se mostrou feliz com o duplo desafio: de ser o capitão e de ajudar no entrosamento com novos nomes na equipe, como Arthur e Lucas Paquetá. "Demora um certo tempo para entrosamento, o que é normal. Não jogamos juntos ainda. É normal o desentrosamento nos primeiros minutos, mas o nível de qualidade deles é muito alto", afirmou.

Na terça-feira, 26, o Brasil faz amistoso contra a República Tcheca, na cidade de Praga.

 

Ficha Técnica

BRASIL

Ederson, Fagner, Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro; Arthur, Paquetá, Coutinho e Richarlison; Firmino. Técnico: Tite.

PANAMÁ

Mejía; Murillo, Davis, Machado e Cummings; Escobar, Godoy, Cooper, Quintero e Rodríguez; Gabriel Torres. Técnico: Jan Carlos Vargas, o Panagol.

Árbitro: João Pinheiro-PORT. Local: estádio do Dragão, no Porto, em Portugal, às 14h (de Brasília) deste sábado, 23, com transmissão ao vivo da Globo e SporTV.

Venezuela aplica 3 a 1 na Argentina

A Argentina acrescentou mais um capítulo na sua galeria de vexames recentes. No retorno de Lionel Messi à seleção após a Copa da Rússia, o time comandado por Scaloni perdeu amistoso para a Venezuela, por 3 a 1, nesta sexta-feira, 22, no Estádio Wanda Metropolitano em Madrid. Desorganizada, a equipe bicampeã do mundo deu espaço para os venezuelanos, que foram pontuais e construíram o resultado histórico.

A vitória foi apenas a segunda da história da Venezuela em 24 partidas contra a Argentina, que venceu 22 vezes no confronto. O retrospecto histórico, porém, é muito diferente dos resultados recentes. Nas eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2018, a seleção vinho-tinto já havia conquistado dois empates.

A seleção argentina não tem boas recordações do estádio do Atlético de Madrid. Além da derrota de hoje, a equipe sul-americana já havia sido goleada pela espanhola, por 6 a 1, em 2018, em amistoso preparatório para a Copa do Mundo da Rússia, ainda sob comando de Jorge Sampaoli.

Show inglês

A Inglaterra não teve qualquer dificuldade para golear em sua estreia nas Eliminatórias para a Eurocopa de 2020. A equipe recebeu a República Tcheca nesta sexta e contou com exibição de gala de Sterling, autor de três gols, para atropelar o adversário por 5 a 0, em Wembley.

Com o resultado, os ingleses largam na frente no Grupo A das Eliminatórias, já que na outra partida da chave, Bulgária e Montenegro empataram em 1 a 1, enquanto Kosovo folgou nesta primeira rodada. Na segunda-feira, os montenegrinos serão os adversários da Inglaterra, em Podgorica.

Já a República Checa folgará na segunda rodada e aproveitará a data livre para enfrentar o Brasil. Os checos vão duelar com os comandados de Tite na terça-feira, em Praga, em amistoso.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso