Diário da Região

25/02/2019 - 11h03min

OSCAR 2019

Nos looks do red carpet, o retorno do glamour

O momento não é para modéstia, e a moda caminha para a retomada de uma elegância clássica

Reprodução Glenn Close foi de longo dourado, com capa longa e cauda, da grife Carolina Herrera
Glenn Close foi de longo dourado, com capa longa e cauda, da grife Carolina Herrera

O futuro é feminino. E, em Hollywood, o presente também. Sob pressão do meio artístico e de mulheres famosas e altamente articuladas, a indústria cinematográfica se esforça e se policia para ser um exemplo de igualdade entre os gêneros. Assim sendo, o tapete vermelho serviu de palco para as atrizes que brilharam em cena reafirmarem seu poder.

Em termos de moda, esse momento empoderado rendeu vestidos de gala glamourosos, de alta-costura, com tules em ombros empinados e saias vaporosas, fendas ousadas, babados em camadas e uma cartela de cores sortida, passeando entre o amarelo, o vermelho, o pink e os tons pastel e os metalizados.

Ninguém apostou no minimalismo. O momento não é para modéstia, e a moda caminha para a retomada de uma elegância clássica. Algumas, no entanto, perseguiram uma estética aliada à modernidade.

Entre as mais chiques estavam Charlize Theron, sempre matadora, dessa vez com um vestido cinza azulado com ombros marcados da Dior, e Brie Larson, vencedora do Oscar de melhor atriz no ano passado e nome disputado entre as marcas de luxo hoje em dia. Neste domingo, 24, ela foi de Céline.

Destaque também para Amy Adams, de silhueta sereia meio vintage, e Emma Stone, num longo com brocados geométricos em marrom, da Louis Vuitton. Ambas, alias, estão sempre na linha das mais bem vestidas.

A veterana Glenn Close, com cabelos curtos e brancos e um longo dourado, com capa longa e cauda, de Carolina Herrera também brilhou. No tapete vermelho, porém, nenhuma mulher chamou mais atenção do que Lady Gaga. Ela, na contracorrente, foi de tomara-que-caia preto com luvas longas, tudo Alexander McQueen. O coque elegante nos cabelos tingidos de branco arrematava o visual. Nas redes sociais, só perdeu em likes e engajamento para, veja a ironia, um homem de vestido: Billy Porter. Na era da moda sem gênero, nada mais apropriado.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso