Diário da Região

08/12/2018 - 00h30min

Fitness

Atividades físicas podem aliviar sintomas da TPM

O ciclo menstrual influencia na disposição da mulher para as atividades físicas, mas dá para manter o corpo em movimento e aliviar os sintomas da TPM

Mara Sousa 12/11/2018 Beatriz Fernandes de Abreu prefere o período em que não está menstruada 
para treinar, pois 
se sente mais animada
Beatriz Fernandes de Abreu prefere o período em que não está menstruada para treinar, pois se sente mais animada

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca se sentiu desanimada, cansada e sem vontade de praticar nenhum exercício físico no período menstrual. Segundo especialistas, as diferentes fases do ciclo menstrual influenciam na vontade de treinar e também na intensidade com que os circuitos devem ser feitos.

Rose Garcia Pereira, personal trainer e educadora física, diz que durante "aqueles dias" o desempenho físico é baixo, então o treino deve ser leve, mas sem perder o foco do objetivo, seja emagrecer, ganhar massa muscular, dentre outros.

"Fazer um esforço para não cortar sua rotina de treinos será muito benéfico, afinal a atividade física ajuda a atenuar os sintomas dessa fase crítica, fazendo com que seu corpo melhore a liberação de hormônios, principalmente a endorfina", explica Rose. A endorfina é um neurotransmissor (transmite informações de um neurônio a outro) associado a sensações positivas como prazer e bem-estar.

A auxiliar administrativa Bárbara Christina Alves Castilho, de 28 anos, treina sem parar há três anos e procura diminuir a intensidade dos exercícios durante o período menstrual - hoje, as atividades são supervisionadas pela personal Rose. "Geralmente fico mais impaciente e sinto muitas dores nas costas e pernas, isso faz meu rendimento cair um pouco", diz.

Ela confessa que nem sempre é fácil ter disposição para treinar "naqueles dias", mas tenta não faltar. "Os treinos me ajudam a relaxar. Depois fico até com mais disposição para fazer outras coisas. Manter uma rotina de exercícios pode ser difícil, mas se você tiver o acompanhamento de um bom profissional isso ajudará a manter o hábito e sentir os benefícios diários, seja no período menstrual ou não", garante.

A bacharel em Direito Beatriz Fernandes de Abreu Ribeiro, de 23 anos, diz que prefere o período em que não está menstruada para treinar, pois se sente mais animada. Durante o período menstrual, os circuitos são menos intensos. "Me ajuda bastante na TPM. Às vezes bate um desânimo, aí treino um pouco mais leve, mas ajuda na cólica e bastante a descarregar o estresse."

Mesmo quem tem cólica pode se beneficiar de uma visita à academia, pois atividades leves, principalmente focadas na região pélvica, ajudam a aliviar as dores.

A mestre Letícia Masson, professora do curso de educação física da Unilago, orienta práticas como abdominais, exercícios de contração de períneo e os focados nos membros inferiores são indicados porque estimulam o fluxo menstrual. "Não podemos deixar de mencionar os alongamentos, que promovem o alívio das dores na região lombar e pernas", ressalta.

Os treinos mais pesados

Segundo a educadora física e personal trainer Rose Garcia Pereira, a fase pós-menstrual, em média seis a sete dias após a menstruação, é marcada por um aumento de estrógeno e maior liberação de noradrenalina - neurotransmissor que aparece antes da adrenalina. "O que faz aumentar muito a motivação e melhora expressivamente o desempenho nas atividades físicas", diz. Este é o momento de investir pesado nos treinos de resistência aeróbica, força e velocidade.

Na fase ovulatória, que acontece de onze a 16 dias após a menstruação, segundo a especialista ocorre uma leve queda na coordenação motora e na capacidade de força, mas não é necessário diminuir os treinos. Como os hormônios estão começando a ficar agitados, a orientação é pegar mais leve, se necessário. Seja em qualquer período, a recomendação é sempre treinar com a supervisão de um profissional de educação física, que pode analisar os sintomas que cada uma apresenta e adequar os treinos. Em Rio Preto, existem algumas academias especializadas em atender mulheres. V&A

O treino durante a TPM

A síndrome pré-menstrual (também conhecida como tensão) é causada pelas alterações hormonais que atingem o corpo da mulher leva esse nome porque abrange uma série de sintomas como fadiga, irritabilidade, dor nas mamas, confusão e depressão. Ela aparece de cinco a dez dias antes da menstruação. Segundo Letícia, o mais indicado para esse período são exercícios aeróbicos leves ou moderados como bike, corda, jump e dança. "Essas atividades estimulam a circulação, fazendo com que os nutrientes e o oxigênio sejam transportados pela corrente sanguínea, chegando às células de forma mais eficiente", explica.

Para aquelas que não descartam a musculação, a dica é treinar em baixa intensidade. "As aulas de yoga também ajudam a reduzir o estresse e acalmam a mente. Isso se dá devido à técnica correta de controle da respiração", explica Letícia. A prática alivia a tensão muscular e diminui o mau humor que para muitas é companheiro do período.

Rose aponta que é justamente nesse período que a mulher tem o pior desempenho esportivo, já que a fadiga muscular aumenta e os sintomas da TPM surgem, além da retenção de líquidos mais acentuada. "Mesmo assim os exercícios físicos são os mais indicados para amenizar os incômodos e desconfortos desse período. Podendo ser caminhadas ou pedais leves, muscular sem sobrecarregar demais."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso