•   
15/10/2017 - 00h04min / Atualizado 07/12/2017 - 10h07min

SAÚDE

Para aonde vai a gordura quando você emagrece?

Estudo australiano mostra que, ao contrário do que muitos pensam, sai pelos pulmões e pela urina

Você sabe para aonde vai a gordura do seu corpo quando você emagrece? Um estudo feito pela escola de biotecnologia e ciência biomolecular da University of New South Wales (UNSW), na Austrália mostra que sai pelos pulmões e pela urina, ao invés de sair pela fezes ou de se transformar em energia para o corpo. O estudo prova que exercícios aeróbicos, que fazem você respirar mais rápido, são aqueles que faz você perder mais peso. Isso explica o motivo de ir tantas vezes ao banheiro durante um processo de emagrecimento rápido.

O estudo foi publicado no “British Medical Journal”, e liderado pelo pesquisador e apresentador de TV australiano Ruben Meerman, que rastreou cada átomo da gordura eliminada. Por isso que quando você estiver fazendo exercícios e sentir que a respiração fica acelerada e começar a transpirar, lembre-se que é nesse momento que você esta queimando gordura.

Meerman explica que os humanos têm uma gordura no sangue chamada triglicerídeos, formada por três tipos de átomos: carbono, hidrogênio e oxigênio. Emagrecer exige que essas moléculas sejam quebradas durante o processo de oxidação. Ao percorrer o caminho que cada átomo faz para sair do corpo, a equipe de cientistas descobriu que, quando 10 quilos de gordura são oxidados, por exemplo, 8,4 quilos deixam o corpo pelos pulmões como dióxido de carbono, o CO2). O restante é transformado em 1,6 quilo de água que saem pelo suor, urina e outros fluidos corporais.

A análise dos cientistas indica que esse processo metabólico requer uma quantidade de oxigênio que pesa três vezes mais do que a gordura queimada. Por exemplo, se você quer perder 10 quilos de gordura, vai ter de inalar 29 quilos de oxigêmio e produzir 28 quilos de CO2, além de 11 quilos de água. “Nada dessa bioquímica é nova para os especialistas”, explica Ruben Meerman.

Os cálculos, entretanto, são inéditos. “As quantidades fazem todo o sentido mas fomos surpreendidos pelos números”, completa. Nada disso é óbvio para as pessoas porque o dióxido de carbono é invisível. “O que encontramos revela uma surpreendente falta de conhecimento a respeito do funcionamento do corpo humano” dize o responsável pela pesquisa.

Exercite-se

Se você quer manter o peso, é preciso comer menos do que a gordura exalada pela respiração. Portanto, qualquer pessoa que queira emagrecer não de se exercitar. Correr durante uma hora por dia, por exemplo, ajuda a remover um adiciomal de 40 gramas de carbono, o que eleva em 20% a queima de gordura.

Para o cardiologista Marcelo Bertolami, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, os chamados “Pilares da Longevidade” devem fazer parte da rotina de todos. “Praticar esporte, se exercitar, ter uma alimentação equilibrada e dormir a quantidade certa para o seu organismo é indispensável para quem busca melhorar a qualidade de vida”.

Mas não pense que quando expiramos, o ar que sai já é gordura queimada. Segundo a endocrinologista Myrna Campagnolli, no momento em que nos exercitamos, precisamos que a gordura seja queimada, se transforme em CO2 que será expirado. Não é um processo direto de queima e transformação

Uma ajudinha extra

  • Boxe (luta): 896 calorias
  • Pular corda: 826 calorias
  • Corrida a 12 km/h: 805 calorias
  • Artes marciais: 721 calorias
  • Natação rápida: 700 calorias
  • Ciclismo Intenso: 700 calorias
  • Tênis (simples): 560 calorias
  • Futebol: 490 calorias
  • Basquete: 455 calorias

Fonte: Jornal Medicine & Science in Sports & Exercise

Ssai desse corpo

Como a gordura é quebrada, queimada e expelida

1- Sem glicose, a gordura

A glicose é o combustível principal do corpo. Quando esta acaba, as células de gordura liberam seu conteúdo, os triglicérides, que contêm oxigênio, hidrogênio e carbono.

2- Por partes 

Os triglicérides precisam ser transformados para passar pela membrana das células. Por diversas reações complexas, eles viram adenosina trifosfato, ou simplesmente ATP, uma molécula indispensável que garante a liberação de energia para as células dos seres vivos.

3- Ventilação

Falta ainda um elemento da equação: o ATP só vira energia quando recebe um banho de oxigênio. Esse oxigênio vem da respiração, através dos glóbulos vermelhos.

4- Na fogueira

O ATP é queimado (“oxidado” é o termo técnico correto) e se transforma na energia que o organismo estava pedindo. Essa queima tem dois subprodutos: água e gás carbônico.

5- Sobra água

A água que sobra tem de sair. Quem faz dieta sem exercício pode aumentar a frequência pela urina, mas quem se exercita perde essa água pelo suor.

6- Sobra gás

O carbono que sobra se junta ao oxigênio e vira CO2, que retorna aos glóbulos vermelhos e vai parar nos pulmões, e dali é expelido pela respiração.

Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso